12/07/2011

D´AGOSTO GLORIOSO NOS 33ºs NACIONAIS DE ANDEBOL SENIORES FEMININOS: CAMPEÃS NACIONAIS


D´AGOSTO GLORIOSO NOS 33ºs NACIONAIS DE ANDEBOL

SENIORES FEMININOS: CAMPEÃS NACIONAIS

Após a conquista do 20º título de Campeão Nacional, pelos masculinos, dia 08 de Julho 2011, as nossas meninas conquistaram hoje dia 09 de Julho 2011 (sábado), as 19H00, o 1º título de CAMPEÃS NACIONAIS, ao derrotar o Petro de Luanda, após dois prolongamentos com o resultado a registar 12 – 12 ao intervalo e 23 – 23 no fim do tempo regulamentar; depois 27 – 27 no termo do 1º prolongamento e finalmente o epilogo ao fim do 2º prolongamento por 31 – 30.

Os professores Paulo Pereira e Nelson Catito, adoptaram como aconteceu nos demais jogos do Campeonato Nacional, defender preferencialmente em 6:0, com variações muito pontuais para o 5:1.

O bloco defensivo foi constituído geralmente por Nelma, Nair, Rosa Amaral, Cajó Carolina e Lourdes, alternando também com a entrada de Maravilha, Jú e Bebiana bem orientadas e lideradas na baliza pela capitã Odeth Tavares.

No ataque a equipa demonstrou boa sistematização táctica, tornando o jogo bonito de se assistir, e um verdadeiro regalo aos olhos do publico, pela qualidade da movimentação das atletas e a circulação da bola, aspectos fundamentais no equilíbrio do jogo ante a experiencia e potência técnica das atletas do Petro.
Destacamos neste particular, a entrega total da central Wandy, na organização e cadência do jogo táctico da nossa equipa.

O Petro apresentou-se na maior parte do jogo determinado a defender, adoptando também o 6:0 com pressão para as nossas laterais Nair Almeida e Azenaide Carlos, alternando também para o 4:2 e 5:1, com tendência ofensiva.
A atacar privilegiou a saída rápida para o contra ataque e no jogo posicional fez recurso geralmente a acções individuais, com destaque para Luísa e Natália.

Em termos globais foi um jogo bastante equilibrado, vivido intensamente pelo público que se fez presente, quase lotando o Pavilhão da Cidadela, proporcionando um verdadeiro espectáculo de andebol.

Nos dois prolongamentos a assistência, viveu momentos empolgantes do jogo, quando aos 70 minutos a nossa equipa parecia segurar o jogo com o resultado favorável por 27 – 24, e aos 75 minutos quando o Petro passou a frente por 29 – 28; este momento foi logo anulado pelas nossas meninas que empataram a 29 – 29 aos 77 minutos e logo a seguir marcando mais dois golos passando para 31 – 29, segurando de forma destemida o resultado numa ponta final dramática e emocionante, fixando-o em 31 – 30.








Para o jogo os Professores Paulo Pereira e Nelson Catito apresentaram inicialmente o seguite " sete":

Odeth Tavares - Guarda-redes
Nair – Meia distância lateral
Azenaide – Meia distância lateral
Lourdes – Meia distância central
Rosa Amaral – Pivot
Carol – Ponta direita
Cajó – Ponta esquerda.

Tomaram também parte no jogo:

Rossana " Wandy" - Meia distância central; Nelma – Meia distância lateral; Elizabeth – Pivot; Jú- ponta esquerda; Bebiana-pivot; Maravilha- Meia distância lateral; Edna Pedro – Meia distância central e Cristina - Guarda-redes.

Pelo Petro de Luanda os professos Vivaldo Eduardo e Edgar Neto entraram com o seguinte " sete":

Maria Pedro – Guarda-redes
Elzira – Meia distancia lateral,
Luísa Kiala – Meia distância lateral
Natália – Meia distância central
Mamy – Pivot
Matilde – Ponta direita
Isabel “ Belezura”- Ponta esquerda.

Jogaram também; Neide Barbosa - Guarda-redes, Anastácia Sibo - Pivot, Macelina Kiala – Meia distancia lateral, Acilene – Meia distancia lateral, Martucha – Ponta esquerda, Ana Barros – Pivot e Teresa de Almeida " Bá ".- Guarda-redes.

Observemos os momentos mais importantes do marcador:

3 minutos 00 – 02
4 minutos 01 – 03
6 minutos 06 – 06
13 minutos 07 – 07
17 minutos 08 – 09
24 minutos 10 – 11
30 minutos 12 – 12 (resultado ao Intervalo)
34 minutos 12 – 14
40 minutos 15 – 15
44 minutos 17 – 20
54 minutos 21 – 21
55 minutos 21 – 22
58 minutos 23 – 23
60 minutos 23 – 23 (Resultado ao fim do tempo regulamentar)



1º Prolongamento:

62 minutos 26 – 23
65 minutos 26 – 24
70 minutos 27 – 27

2º Prolongamento:

72 minutos 28 – 28
75 minutos 28 – 29
76 minutos 29 – 29
79 minutos 31 – 29
80 minutos 31 – 30 – RESULTADO FINAL


Era a alegria e o delírio total das nossas queridas atletas, técnicos, dirigentes, publico e a claque, pois o D´Agosto provara mais uma vez a sua pujança, ao atingir a glória com a conquista do primeiro título na classe feminina, dois dias após orgulharmos igualmente a NAÇÃO AGOSTINA com a conquista pela equipa masculina do 19º título de campeão nacional.

Trata-se de um momento histórico da modalidade no clube e no andebol nacional, pois consagra a nossa equipa sénior feminina, com mérito e galhardia, quebrando a hegemonia quase total do Petro de Luanda desde 1979 e marca um novo círculo no equilíbrio do andebol nacional em seniores femininos.

A dupla vitoria em seniores masculinos e femininos na presente época, consolida a posição do clube como líder do desenvolvimento da modalidade no país.

Parabéns as nossas e nossos brilhantes atletas e equipa técnica em ambas as classes.

Um agradecimento especial a Direcção do Clube, Sócios e adeptos em particular o Sr. Presidente Adjunto, General Carlos Hendrick, principal arquitecto e promotor do desenvolvimento que tem levado a modalidade ao patamar mais alto do País, sendo estes títulos uma merecida recompensa ao esforço e dedicação ao Clube.


BEM HAJA D´AGOSTO!!!

D'AGOSTO FORÇA!!!

D'AGOSTO SEMPRE!!!


Fonte:
Gabinete de Gestão da Pagina Web do Andebol.
Por:
Elísio Campos

Sem comentários:

Enviar um comentário