18/09/2010

Competição dá impulso à modalidade na região


O técnico do Interclube, Toni Costa, realçou no Luena que a prática do andebol na província vai ganhar um outro impulso, com o restauro dos campos multiuso e a disputa dos campeonatos nacionais de modalidade.
O técnico, que falava no final de uma sessão de treinos realizada no campo Artes e Ofícios, referiu que a 31ª edição dos campeonatos seniores masculino e feminino, que pela primeira vez se realiza na província do Moxico, vai servir de alavanca para a camada juvenil praticar e desenvolver o andebol.
Disse que a cidade do Luena, palco do evento, nunca teve infra-estruturas deste gabarito, o que retardava a competitividade em qualquer modalidade, particularmente o andebol.
Toni Costa disse que se sentiu satisfeito quando soube que a província do Moxico albergaria pela primeira vez uma competição de andebol.
O técnico apelou à associação provincial da modalidade a ser dinâmica, no sentido de a massificar.
Acrescentou que o desporto faz bem à saúde e o andebol tem futuro em Angola, tendo recordado que as classes feminina e masculina já arrebataram títulos a nível do continente.
Toni Costa acrescentou que a prova será difícil devido à evolução das equipas participantes. O treinador afirmou que a sua formação veio convicta de que vai ganhar a competição, sem ignorar as equipas mais fortes, como é o caso do Kabuscorp.
Adiantou que, desta vez, o campeonato vai ter muitas surpresas, devido à evolução da modalidade no país, e por esperar que seja realizado em três voltas num sistema de todos contra todos, em vez de duas, à semelhança do anterior.
Para os campeonatos nacionais seniores masculino e feminino de andebol, que iniciam amanhã, já se encontram igualmente na cidade do Luena o Kabuscorp do Palanca, detentor do troféu na categoria masculina, e o Petro de Luanda (campeão em título feminino).

Sem comentários:

Enviar um comentário